Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Projetos e Eventos > COMIFCON > 1ª COMIFCON
Início do conteúdo da página

1ª COMIFCON

Escrito por Campus Camaqua | Publicado: Domingo, 29 de Novembro de -0001, 21h00 | Última atualização em Sexta, 22 de Julho de 2016, 15h23 | Acessos: 331

Confira como foi a 1ª COMIFCON:

Realizado em sábado letivo de 19 de dezembro de 2015, em caráter experimental e restrito ao público interno do câmpus, o evento contou com atividades em cinco diferentes espaços e recebeu cerca de 180 visitantes ao longo do dia, entre alunos e colaboradores externos. Pela manhã, no auditório do câmpus, sob coordenação dos professores Deomar Neto e Rodrigo Ferreira, ocorreram as palestras de Alexandre Woloski (Cultura pop: crescimento no país e Comic Con), Gustavo Ribeiro (Representações sobre a política estadunidense em Capitão América), Artur Filho (O Superman como representação de justiça estadunidense nas HQ's da década de 40), Marco Antonio Collares (O mundo de Conan e suas representações da Antiguidade e do Medievo) e Rafael Pernas (Independência em jogo: a Independência dos EUA nas obras O Patriota e Assassin's Creed III).

O saguão do prédio do curso de Controle Ambiental sediou o Museu do Videogame, com mais de trinta consoles antigos acompanhados de informações sobre sua história, sendo que alguns deles foram colocados à disposição para que os visitantes pudessem jogar. A atividade foi coordenada pelos alunos egressos Douglas Ávila e José Carlos Camargo.

Ao longo do dia ocorreu no Bloco H a Arena de Games, com Xadrez, Cubo Mágico e torneios de Mortal Kombat, FIFA e Just Dance, vencidos respectivamente pelos alunos Marques Sperb, Lucas Miguelles e Julia Vicente. A Arena de Games foi coordenada pelo aluno Ângelo Delamare e pela aluna egressa Ana Paula Camargo, com apoio da Coordenadoria de Manutenção do campus, do professor Pablo Mendes e dos alunos Isadora Ladwig, Paulo Bierhals, Bruno Brum e Wagner Schmiescki. Ocorreu ainda torneio de Counter Strike 1.6, organizado pelos próprios participantes, que trouxeram seus notebooks para jogar em rede, sob orientação do professor Everton Horst e com apoio dos estudantes do curso técnico em Informática William Kolodziejski, Matheus Isquierdo e José Leonardo Medeiros. A equipe vencedora do torneio foi composta pelos estudantes Mikael Menin, Henrique Quadros, Cassio Garcia, Krystian Venzke e Murilo Jacobsen.

Em atividade ao ar livre, o estudante Lucas Wegner, do curso de Controle Ambiental, promoveu bate-papo sobre o conceito de cultura pop e no miniauditório do campus, o aluno Antonio Kila, do mesmo curso, apresentou “The Walking Dead: a série por outros olhos”, abordando questões como ética, moral e mudanças nas formas de governo ao longo da série. Ainda no miniauditório, com mediação do professor Edson Oliveira, ocorreu bate-papo sobre a saga Star Wars com participação do professor Cristiano Specht e do aluno João Artur Meyer, do curso técnico em Informática. Na sequência houve a exibição de Star Wars- Episódio IV: uma nova esperança, o primeiro da série de filmes a ser lançado nos cinemas.

A sala de linguagens do câmpus foi transformada em espaço temático, onde ocorreu exposição sobre filmes, séries e HQ's. Alguns dos participantes do evento trouxeram suas coleções pessoais para serem exibidas ao longo do dia. A sala contou ainda com posters, livros, bonecos, entre outros itens alusivos ao universo dos super-heróis. Os responsáveis pela exibição foram os alunos Abigail Dummer e Daniel Affeldt, do curso de Informática, e Juliano Costeira, do curso de Automação Industrial.

No turno da tarde, o auditório do câmpus recebeu uma mini gincana em que duas equipes competiram em um jogo de perguntas sobre cultura pop em geral. A gincana foi conduzida por Ana Paula Camargo, Juliano Costeira e José Leornado Medeiros, com apoio dos alunos Bruno Brum, Frederico Reckziegel e Eduardo Camargo. A COMIFCON foi finalizada com um desfile de cosplayers. A comissão julgadora da atividade elegeu o cosplay da aluna Aline Müller, enfermeira de Silent Hill, como a melhor caracterização do desfile.

Os participantes e organizadores da COMIFCON avaliam que este é um evento com potencial para novas edições, sendo um atrativo tanto à comunidade camaquense quanto a visitantes de outras localidades, e consideram como seu ponto mais forte o protagonismo dos estudantes na construção da programação do evento e na organização das atividades. Dentre as intenções para futuras edições estão as ideias de oferecer uma diversidade ainda maior de atividades, como a criação de mais espaços temáticos, realização de flash mobs – apresentações de dança inusitadas –, apresentação de trabalhos relacionados à literatura fantástica, uma maratona de programação e um campeonato de Quadribol – esporte praticado por personagens da saga Harry Potter e que, na vida real, conta até mesmo com uma federação e jogos entre times universitários nos Estados Unidos. De acordo com a estudante Gabriela Sampaio, do curso de Informática, são atividades como a COMIFCON que tornam mais prazeroso estar na escola em um sábado letivo e que incentivam os alunos a participar cada vez mais dos eventos promovidos pelo câmpus.

 

  

  

  

  

registrado em:
Fim do conteúdo da página